21 abril 2004

Um dia diferente

Hoje, estou sem carro. Deixei-o ontem na oficina para a revisão anual e para a pintura do pára-choques que alguém resolveu riscar aqui há uns dias (quando lhe bateram na traseira).
Sendo assim, levantei-me um pouco mais cedo e dirigi-me à paragem do autocarro. Dois autocarros e muitas voltas depois, eis que chego finalmente ao destino. Ser conduzido é uma bela maneira de começar o dia, não acham?

Ps: não tenho andado com cabeça para postar textos com sentido.
Ps1: a Sónia manda beijinhos a todos, mas ela não tem tido tempo, nem disposição, mercê da sua situação actual.

0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal