10 novembro 2008

Fumar

Faz já algum tempo que não escrevo aqui. A razão, acima de tudo, é a falta de tempo e outras faltas, das quais não sendo propriamente culpado, acabo por ser com elas conivente. Questões de ausência aparte, o facto que me leva a escrever é o tabaco.
Todos os que fumam, sabem o malefício que o tabaco provoca, e entre estes, o mais fatal será porventura o cancro do pulmão e/ou das zonas aéreas superiores (boca, faringe, etc). Eu sei desses malefícios, fui inclusivé operado ao coração para reparar um defeito de fabrico que me provocou um enfarte aos 29 anos... mas fumo. Fumava antes e continuo a fumar depois. Hoje, no programa transmitido pela SIC, Roda da Sorte, o apresentador Herman José, gabava-se de ter deixado de fumar há 6 anos e falava de todos os malefícios do tabaco, etc e tal, com uma atitude fundamentalista que não me agradou (por muito que até goste da pessoa em questão)...
As pessoas que fumam, tirando os que são fracos de espírito, sabem perfeitamente do mal que o tabaco faz, das consequências nocivas que o mesmo tem sobre o organismo e das 1001 substâncias que o mesmo contém. Fumam... porque gostam, mantém o vício - que custa muito dinheito actualmente - porque usufruem dele. O tabaco para mim é um companheiro. Presente nos bons e maus momentos, nas alturas em que estou acompanhado ou só. Está sempre lá.. à distância de um fonte incadescente. Fumo porque gosto. Fumo porque me sabe bem. Sei que me arrisco a diversas complicações de saúde... mas continuo a fumar apesar delas. Porque gosto.
O facto de gostar, não implica contudo que aconselhe ou encoraje alguém a fumar... longe disso. Fumar é um vício (ou um prazer que vicia)...e como tal, não pode ser aconselhado ou recomendado.
Há vícios bons e maus, consoante o uso e proveito que se faz deles.

1 Novas Memórias:

Anonymous JC escreveu...

Então fuma para aí!!!
Desde que ñ me venhas pedir dinheiro para tabaco, tudo bem...

11/12/2008, 14:05:00  

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal