30 janeiro 2009

Irónico... não?

Como diz a Sónia, não deixa de ser irónico que um frade se distinga a cantar uma música com letra deste poema de Pedro Homem de Mello...


De mãos nos bolso e de olhar distante,
Jeito de marinheiro ou de soldado,
Era um rapaz de camisola verde,
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.

Perguntei-lhe quem era e ele me disse
“Sou do monte, Senhor, e um seu criado”.
Pobre rapaz de camisola verde,
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.

Porque me assaltam turvos pensamentos?
Na minha frente estava um condenado.
Vai-te, rapaz da camisola verde,
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.

Ouvindo-me, quedou-se o bravo moço,
Indiferente à raiva do meu brado,
E ali ficou de camisola verde,
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.

Soube depois ali que se perdera
Esse que só eu pudera ter salvado.
Ai do rapaz da camisola verde,
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.
Ai do rapaz da camisola verde,
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.
Negra madeixa ao vento,
Boina maruja ao lado.


Por muito que goste da música e de poema em si, em tempos nos quais a Igreja se fecha e se mostra mais consciente dos "seus valores"... não deixa de ser irónico esta interpretação já com alguns anos.

2 Novas Memórias:

Blogger fernando escreveu...

Buscaba yo la letra de la canción y me encuentro con el "blog".Perdona la intromisión de este barcelones amante del buen fado y de Lisboa. conductor habitual de motocicleta y ex-fumador con profunda saudade del sabor de un buen puro habano.
felicidades por el blog.

02/02/2009, 16:59:00  
Anonymous fernando escreveu...

Pois... O Pedro Homem de Mello e um rapaz (independentemente da cor da camisola ou da madeixa) só pode ter sido uma combinação escaldante...
Abreijos da Roménia... Se quiserem vir cá de férias, é só dizerem.

16/02/2009, 18:54:00  

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal