26 abril 2004

O Código Da Vinci

O Código Da Vinci No sábado à tarde, fui mais a Sónia à Igreja de Santa Catarina. Perdida entre prédios, esta igreja é lindíssima e quase que passa despercebida aos olhares mais incautos. Dali, seguimos até ao Miradouro para ver os navios do alto de Santa Catarina. O Miradouro estava repleto de pessoas, que aproveitavam o bom tempo que se fazia sentir.
De passagem pelos Armazéns do Chiado, mais concretamente pela Fnac, aproveitei para comprar um livro (mais barato) que tinha visto em lançamento na Bertrand: "O Código Da Vinci" (acompanhado por mais um livro de Saramago, desta vez o "Ensaio sobre a Cegueira"). Para os que gostaram d'O Nome da Rosa, de Umberto Eco, este (O Código Da Vinci) é um livro a ler. Para quem gosta de romances policiais e históricos, é também um livro a adquirir. Apesar de ser um volume um pouco denso, lê-se muito bem. A história flui, envolta entre a sequência de Fibonacci, a Proporção Divina, Priorado de Sião e a Opus Dei, agarrando o leitor desde a primeira página até ao seu epílogo.
Para quem quiser esperar pelo filme, prevê-se a versão cinematográfica para muito em breve.

0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal