01 julho 2004

SNS - Serviço Nacional de Saúde vs. Saúde? Nem Sempre

Contribuo todos os meses, com uma boa fatia do meu ordenado para impostos. Como eu, milhões de portugueses, também o fazem mensalmente (ou pelo menos deveriam fazê-lo). Destes milhões, fazem parte o meu pai e a minha mãe, que contribuem para os cofres do estado há cerca de 30 anos. Estas contribuições, servirão para quê?
A minha mãe queixa-se de uma dor abdominal há já algum tempo. Após uma madrugada perdida para a marcação de uma consulta no centro médico, ao ser atendida pelo médico de família, este, ao ver as análises (que já acusam diabetes) aconselhou-a a reduzir os doces, o pão e massas, para não se tornar diabética. Quanto à dor abdominal, sem qualquer palpação, sem qualquer exame, atirou para o ar:"Isso é intestinos!" e recusou-se a prescrever uma ecografia (ou outro exame de diagnóstico complementar - mais completo) para saber ao certo, o que provoca a dor.
Para fazer face ao problema, a Sónia marcou-lhe uma consulta numa médica privada, a qual ao olhar para as análises avisou logo a minha mãe que ela não se vai tornar diabética, infelizmente já o é. Ficou estupefacta pela reacção do colega e prescreveu-lhe de imediato análises clínicas, uma ecografia e uma colonoscopia total. Poderá não ser nada de grave (assim se espera) mas, só um exame complementar o poderá dizer. É lamentável que quem contribui para o nosso sistema de (in)Segurança (in)Social tenha de recorrer ao privado para ter um tratamento digno.

Andamos a pagar impostos para quê?
. apenas para manter a administração pública?
. para pagar ordenados chorudos a novos administradores e directores gerais?
. para pagar subsídios de reinserção social a quem tem saúde para trabalhar (mas nenhuma vontade)?
. a administração pública esbanjar dinheiro em 1001 coisas sem qualquer sentido, e esquecer as necessidades básicas do eleitorado, como a saúde, a educação e a segurança? (já agora ó Sr. Paulo Portas que tal se enfiasse os submarinos num certo sítio - e não me refiro a nenhum estaleiro?)
. etc, etc...

É indecente, os médicos não prescreverem exames aos pacientes, apenas porque são caros e custam dinheiro ao estado. Não sairá muito mais barato a detecção primária e a prevenção de uma possível doença que o tratamento continuado e exasperado da mesma ??

Há coisas que não se percebem, nesta República das Bananas.

0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal