22 julho 2005

Veni, vidi, vici

(Frase atribuída a Caio Júlio César (100-44 a.C.), Ditador de Roma, aquando da derrota definitiva da Gália em 52 a.C.)

Hoje fui vencida pelo orgulho. Se fosse católica, já não me safava da eternidade infernal, a menos que pagasse a divina coima pela minha imperdoável infracção. Mas como não sou católica, estou-me completamente a borrifar e apetece-me fazer minhas as palavras atribuídas a Júlio César(o outro, não o que dirige o Casino Estoril), quando deu a reprimenda definitiva aos gauleses(esses invencíveis gauleses!): "Cheguei, vi, venci".

Porque pior do que o orgulho assumido é a falsa modéstia.

0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal