02 novembro 2003

Estou finalmente a acordar

Parece incrível, mas passei o dia como se tivesse de ressaca (nem quero imaginar como estaria se fosse de facto ressaca). Correu tudo bem, aliás, para ser sincero, devo dizer que correu tudo muito, muito bem. Só lamento é já não estar habituado a estas andanças (mas estou pronto a habituar-me outra vez), é que depois de anos a trabalhar por turnos, consegui neste último ano colocar finalmente o sono em dia (e quem trabalha de noite sabe como é difícil). E agora, em virtude de ter um horário normal (agora, só muito esporádicamente faço turnos), quando chega a noite, o corpo já começa a pedir cama...
Bem, continuando... hoje, tive de ir ainda a dormir, assistir a uma reunião de condóminos. Meu Deus (perdoai-me a invocação)... como são chatas, desnecessárias, uma simples perda de tempo estas reuniões.
Somos só 7 condóminos. Aparecemos 5. Eram 5 pontos em agenda. Demorámos quase 3 horas.
Porque é que as pessoas complicam as coisas nestas situações? Basta dizer que sim, ou não. Justificar brevemente o porquê da escolha do sim, ou do não, e passar ao ponto seguinte. Não me interessa minimamente passar 3 horas de um Domingo enfiado na garagem do prédio a ouvir 4 opiniões iguais de um mesmo assunto. Eu tenho mais que fazer... sim, nem que seja blogar! Só sei que tive de fazer um esforço desmedido para ter os olhos abertos e conseguir olhar para o actual administrador sem fazer uma cara (mais notória ainda) de um enorme tédio...
Há dias assim, em que mais valia não ter terminado a noite anterior.


0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal