23 março 2004

Farol do Cabo da Roca

Situado na ponta mais a Ocidente do Continente Europeu, o farol do Cabo da Roca, foi mandado edificar em 1758, tendo entrado em funcionamento em 1772.
Pouco ou nada se sabe quanto ao seu equipamento inicial, mas, em 1843 o farol sofreu importantes melhoramentos, entre os quais se contou com a montagem de um novo aparelho, composto de 16 candeeiros de Argand com reflectores parabólicos, funcionando a azeite.
Em 1897 o farol foi electrificado. A fonte luminosa era constituída por 8 lâmpadas de arco providas de reguladores do sistema de Baron. O sistema de reserva era composto por um candeeiro a petróleo de 3 torcidas. O aparelho catóptrico foi substituído por um aparelho óptico de 4ªa ordem. Em 1946 foi montado um novo aparelho óptico (acromarítimo), tendo no ano seguinte (1947) este aparelho sido transferido para o Cabo Espichel. Foi então montado um aparelho de 3ª ordem, grande modelo (500mm de distância focal).
Em 1990 foi automatizado, ficando a funcionar com uma lâmpada de 1600 watts.

Texto presente num painel local com informação do farol

0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal