16 dezembro 2005

....zap...zap...

(Aproveito para escrever este post enquanto vejo um noticiário e vou fazendo zapping… e amanhã de manhã publicá-lo-ei, tal como tem sido ultimamente)

Estou a ver um telejornal… um daqueles noticiários de fim de dia que nos fazem sentir pior, tal é a qualidade das notícias, ou melhor, a atrocidade de que certas pessoas são capazes. Ultimamente não tenho tido tempo para ver jornais e acompanhar a actualidade deste rectângulo à beira mar plantado e daquilo que o rodeia. Daí a minha surpresa ao ver a notícia do abuso sexual de um bebé de mês e meio… como será possível que alguém cometa tal crime. Já é nojento o suficiente e condenável o abuso e maus-tratos de crianças ou adolescentes, mas de um bebé? Um recém-nascido??? Como é possível? Nestas alturas desejo por vezes que a justiça seja aplicada e executada pelas mãos de populares e não por tribunais que protegem os horrendos autores destes crimes. Sei que todos temos direitos… mas há actos que passam além de qualquer benevolência e que nos fazem pura e simplesmente perder a confiança na Humanidade e nos direitos de tais …seres ou seja lá o que sejam.
Outra notícia é a libertação do piloto português na Venezuela. Nada mais previsível, só que o piloto passou bastantes meses – 14 meses para ser exacto - preso preventivamente (nisto também somos uns ases… as nossas prisões estão cheias de presos preventivos) e quem o vai compensar do tempo perdido?
Os debates presidenciais também fazem as manchetes dos jornais (televisivos ou não) e sinceramente já chateiam. Não me identifico com nenhum dos ilustres candidatos. Destes ainda há uns com quem me identifico ainda menos, seja pela máquina partidária que o apoia (num caso), seja por asco à pessoa (noutro caso). Dos restantes, sei que nunca terão hipótese de ser mais que candidatos… a escolha é difícil… é jogar para perder. E se apenas falhei umas eleições por motivos profissionais e não me poder deslocar á mesa de voto em tempo de funcionamento da mesma, acho que desta vez irei exercer o poder do voto em branco.
Portugal ganhou mais uma vez a realização de um Europeu, neste caso das selecções Sub21. Já que os estádios (tens razão Fernando… os campos de futebol) estão feitos e alguns deles praticamente nem são usados (Aveiro, Algarve, entre outros) ao menos que façam um joguito de selecções para tirar o pó do relvado.
(hurghhhh… estava a fazer zapping e deparei-me com uma entrevista a outro político que me dá asco… não vou dizer o nome, mas é do PS, esteve implicado no caso Casa Pia, é meio vesgo, o primeiro nome começa com um P e o segundo com outro P… vou já mudar de canal outra vez)

0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal