06 novembro 2003

Sobre o meu post de ontem

Queridos amigos e caros blogonautas,

O meu post de ontem parece ter criado alguma confusão que me compete explicar. O que escrevi foi dedicado a um amigo, ao meu melhor e maior amigo, de quem me afastei por razões demasiados complicadas para serem explicadas aqui e agora.

O João, que comigo mantém este Convento, continua a ser meu namorado. A única parte do post que se refere a ele é aquela em que falo do meu maior medo, concretizado há dois anos. Estou a referir-me ao enfarte de que o João já falou em posts anteriores. O João continua a ser o meu namorado, amigo e cúmplice desde há cinco anos.

Não digo "nunca" nem "para sempre", mas neste momento estamos felizes por estar juntos. Todas as tempestades que já passaram por nós - e, acreditem, já foram muitas e algumas bastante fortes - apenas serviram para nos unir ainda mais.

Amor e lealdade são os nossos pilares.

0 Novas Memórias:

Enviar um comentário

Ligações:

Criar uma hiperligação

<<Página Principal